04 abril 2010

CELEBRAÇÃO DA VIGÍLIA PASCAL

SÁBADO SANTO


* Vigília Pascal


Reunidos em frente a igreja junto ao fogo acesso e em comunhão com toda a comunidade cristã e com todo o universo, reuni-se todos os fiéis para celebrar a Páscoa de Jesus: sua passagem da morte para a vida. O grande e alegre e anúncio da noite é: JESUS RESSUSCITOU, e fazendo memória das ações maravilhosas de Deus na história da humanidade, renovamos nossa fé.


* Celebração da Luz

Apaga-se o as luzes e o povo reunido em torno do fogo acesso, com a presença do presidente da celebração e seus auxiliares inicia a Vigília Pascal com a CELEBRAÇÃO DA LUZ, onde o presidente da celebração saúda toda a assembléia presente e explica o sentido da Vigília.

Em seguida o fogo é abençoado em silêncio e preparado o círio pascal, este ano, feito com a própria cera da abelha que foi doada por Ezequiel Roberto, apicultor de nossa cidade. O presidente da celebração aplica os cravos e em seguida acende o círio pascal e de velas acesas a assembléia se dirige em procissão até o interior da igreja, sendo o círio conduzido até o altar pelo presidente da celebração Pe. Amaurilo.


* Proclamação da Páscoa

Todos os fies na igreja, acendem-se as luzes, mantêm-se as velas acesas e canta-se a proclamação da Páscoa. Terminada a proclamação da Páscoa, pagam-se as velas e todos se sentam para acompanhar as leituras bíblicas.


* Liturgia da Palavra

São propostas nove leituras, onde se proclamam pelo menos três do antigo testamento (nunca omitir a do Êxodo), mais a epístola e o evangelho e os salmos podem ser substituídos por breve silêncio.

A liturgia da palavra proclama as grandes maravilhas que Deus realizou em favor do povo ao longo da história da humanidade, ainda hoje motivo de alegria e de ação de graças.


* Liturgia Batismal

A noite de Páscoa é o momento no qual tem mais sentido celebrar os sacramentos da iniciação cristã.

Depois de um caminho pelo catecumenato (pessoal, se é que se trata de adultos e da família, para as crianças, e sempre nos diz respeito, da comunidade cristã inteira), o símbolo da água - a imersão, o banho- busca ser a expressão sacramental de como uma pessoa se incorpora a Cristo na sua passagem da morte à vida.

Como diz o Missal, se é que se trata de adultos, esta noite é quando tem pleno sentido que além do Batismo também se celebre a Confirmação, para que o neófito se integre plenamente à comunidade eucarística. O sacerdote que preside nesta noite tem a faculdade de conferir também a Confirmação, para fazer visível a unidade dos sacramentos de iniciação.


* Liturgia Eucarística



A celebração Eucarística é o ápice da Noite Pascal. É a Eucaristia central de todo o ano, mais importante que a do Natal ou da Quinta-feira Santa. Cristo, o Senhor Ressuscitado, nos faz participar do seu Corpo e do seu sangue, como memorial da sua Páscoa. É o ponto mais importante da celebração.

* Observação:

Toda a celebração da Vigília Pascal é realizada durante a noite, de tal maneira que não se deva começar antes de anoitecer, ou se termine a aurora do Domingo.

A missa ainda que se celebre antes da meia noite, é a Missa Pascal do Domingo da Ressurreição. Os que participam desta missa, podem voltar a comungar na segunda Missa de Páscoa.

O sacerdote e os ministros se revestem de branco para a Missa. Preparam-se as velas para todos os que participem da Vigília.

* Veja abaixo mais fotos da celebração.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails